face twitter youtube

Projeto do governo legaliza trabalho escravo

Charge: Bruno Galvão (clique para ampliar)   O protofacista Jair Bolzonazi está implementando o projeto ultraliberal dos patrões e banqueiros para destruir o Estado Brasileiro, dizimando todos os direitos da classe trabalhadora. Desde que tomou posse, o presidente editou mais medidas provisórias e decretos que seus antecessores. Como não tinha apoio para conseguir aprovar a contrarreforma da...

Leia mais.

Saúde: Fenasps reivindica cumprimento da pauta protocolada no início de 2019 na CGESP/MS

  Com mais de seis meses desde que foi apresentada, na primeira reunião em 2019 da Mesa Setorial de Negociação Permanente do Ministério da Saúde (MSNP/MS), a pauta de reivindicações dos/as servidores/as do órgão avançou muito pouco desde então, apesar da incessante cobrança dos representantes sindicais.   A Fenasps, representada por Carlos Roberto (oposição-DF), Cleuza Faustino (MG), Laura Gusmão...

Leia mais.

Brasília floresce novamente! 6ª edição da Marcha das Margaridas reúne mais de 100 mil trabalhadoras na capital federal

  Em defesa da mãe-terra, por saúde e educação públicas no campo e por uma Previdência Social solidária e inclusiva, dezenas de milhares de mulheres trabalhadoras rurais ocuparam e coloriram a Esplanada dos Ministérios nesta quarta-feira, 14 de agosto, na 6ª edição da Marcha das Margaridas.   As mulheres, que também gritaram palavras de ordem contra o fascismo...

Leia mais.

Trabalhadores, estudantes e indígenas unificam lutas em ato contra cortes sociais do governo Bolsonaro

  O segundo ato da Greve Nacional da Educação contra os cortes nas verbas da área e a reforma da Previdência, realizado nesta terça-feira, 13 de agosto, foi muito além de sua pauta e unificou reivindicações de milhares de trabalhadores(as) e estudantes às dos indígenas, presentes em Brasília para tomar as ruas da capital federal também...

Leia mais.

GEAP realiza desligamento de beneficiários por não pagamento de boletos referentes à liminar de 2016. Fenasps questiona

                É cada vez maior o número de beneficiários da GEAP que relatam que estão sendo desligados dos planos de saúde pelo não pagamento de boletos que contém diferenças de valores em mensalidades pagas em 2016. Essas diferenças são provenientes da “queda” das liminares impetradas pela GEAP naquele ano.   Isto é, como judicialmente a GEAP conseguiu derrubar...

Leia mais.
No Dia Nacional da Saúde, ato em defesa do SUS leva milhares às ruas de Brasília
07 Ago 2019 21:30No Dia Nacional da Saúde, ato em defesa do SUS leva milhares às ruas de Brasília

                Nessa segunda-feira, 5 de agosto, data em que é celebrado o "Dia Nacional da Saúde", a Fenasps participou do ato unifica [ ... ]

Leia mais.
Em noite de vaias a ministro da Saúde, Fenasps participa da abertura da 16ª Conferência Nacional de Saúde
05 Ago 2019 19:53Em noite de vaias a ministro da Saúde, Fenasps participa da abertura da 16ª Conferência Nacional de Saúde

               Fenasps teve representação garantida durante a 16ª conferência, que ocorre até quarta, 7 de agosto &nbs [ ... ]

Leia mais.
Governo corta arbitrariamente 56% da gratificação de servidores da Auditoria do SUS em quatro estados
05 Ago 2019 19:04Governo corta arbitrariamente 56% da gratificação de servidores da Auditoria do SUS em quatro estados

Gratificação, que corresponde a três vezes o salário base, vem sendo cortada desde abril deste ano. “Vamos lutar para reparar esse ato arbitrário”, afir [ ... ]

Leia mais.
Entidades alertam que PLV 17 (MP 881/2019) é uma nova Reforma Trabalhista
31 Jul 2019 15:52Entidades alertam que PLV 17 (MP 881/2019) é uma nova Reforma Trabalhista

Charge de Nani ironiza nova fase da Reforma Trabalhista (clique para ampliar)   Tendo em vista o teor do Projeto de Lei de Conversão (PLV) 17/19, originário da Medida Provis&oac [ ... ]

Leia mais.
Moção de repúdio a declarações agressivas de Bolsonaro contra indígenas e presidente da OAB
30 Jul 2019 18:20Moção de repúdio a declarações agressivas de Bolsonaro contra indígenas e presidente da OAB

Foto: Adriano Machado/Reuters    A Federação dos Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (FENASPS) repudia veeme [ ... ]

Leia mais.
25 de julho é dia de luta! Vivam as mulheres negras latino-americanas e caribenhas!
25 Jul 2019 13:3325 de julho é dia de luta! Vivam as mulheres negras latino-americanas e caribenhas!

A mulher negra resiste: 25 de julho é dia com pouco a comemorar e muito a se conquistar! (arte: Frank Maia)   Do mesmo modo que o Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de mar&ccedi [ ... ]

Leia mais.

 2

tudogreve2

seguridade img

Servidores ativos, aposentados e pensionistas dos Ministérios da Saúde, Trabalho, Previdência Social e Funasa.

Confira

seguro img

Confira todas as notícias para os servidores ativos, aposentados e pensionistas do INSS.

Confira

saude img

Plano de saúde dos servidores federais, que atende a mais de 600 mil vidas.

Confira

geap img

Assédio moral no local de trabalho: Tudo o que você precisa saber.

Confira

Cadastre-se e receba as nossas notícias.

PARTICIPE DA CAMPANHA PELA REVOGAÇÃO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL. Confira modelo de abaixo-assinado

0
0
0
s2smodern

cartaz

 

Com o julgamento da ação penal 470 (caso do mensalão), a Reforma da Previdência de 2003 (Emenda 41) pode ser considerada nula, devido ao pagamento indevido de parlamentares financiado pelo governo do Partido dos Trabalhadores (PT) à época.  Participe você também da campanha contra a Reforma da Previdência! Há duas maneiras de participar:

 

 

Confira abaixo dois materiais elucidativos sobre a Reforma da Previdência de 2003 e as razões pelas quais ela deve ser anulada.

 

A Campanha é desenvolvida pelo Fórum Nacional das Entidades dos Servidores Públicos Federais, o qual a Fenasps participa. Leia abaixo os procedimentos necessários para a efetivação do abaixo-assinado ou baixe o arquivo clicando aqui:

 

a) Sobre a organização do local de coleta das assinaturas:

  1. 1.Nos locais de coleta de assinaturas serão organizadas mesas pelas entidades responsáveis pelo processo.
  2. 2.Em cada local público deverá haver uma identificação em faixas ou cartazes informando sobre a coleta das assinaturas.
  3. 3.Poderão se instalar mesas para coleta das assinaturas em prédios públicos, salas de aula de colégios, universidades, centros acadêmicos, sedes de associações e sindicatos, portas de fábricas e locais de trabalho. Também poderão se instalar em logradouros públicos, calçadas, pontos de ônibus, metrô, trens, portas de cinemas e locais de diversão.
  4. 4.As mesas serão colocadas no maior número possível de lugares de ampla circulação, conforme descrito no ítem 3.
  5. 5.As mesas funcionarão nos horários de circulação das pessoas durante o dia, ou à noite nos locais programados previamente

b) Sobre a Abaixo-Assinado:

  1. 1.A folha de coleta de assinaturas terá a seguinte característica:
  • Uma folha com o título “Abaixo-assinado pelo reconhecimento da nulidade da Reforma da Previdência de 2003”.
  • Na folha constará três colunas com espaço para colocar o nome, número de documento e assinatura das pessoas que quiserem subscrever o abaixo assinado.
  • No rodapé da folha constará uma pequena relação indicando as organizações responsáveis pelo abaixo-assinado.

c) Sobre o assinante

  1. 1.Podem assinar todas as pessoas a partir de 16anos.
  2. 2.Para assinar a pessoa precisa informar seu nome e apresentar a Carteira de Identidade (RG) ou outro documento (Carteira Profissional ou Carteira de Habilitação, por exemplo), cujo número será anotado na folha, dentro do espaço correspondente. A pessoa deverá colocar ainda seu nome e sua assinatura nos espaços adequados para tal.
  3. 3.Nenhuma pessoa poderá assinar mais de uma vez. Mas isso dependerá apenas da consciência de cada um. Por isso é necessário ter essa orientação na campanha prévia, e os responsáveis pelas mesas de coleta sempre perguntarem se já assinaram, procurando assim não duplicar as assinaturas.
  4. 4.As pessoas analfabetas poderão recorrer à ajuda de pessoas de sua confiança para exercer sua vontade em apoiar a campanha.
  5. 5.As pessoas menores de 16 anos que o desejarem, também poderão manifestar sua opinião assinando o abaixo-assinado de acordo com a apresentação de documentos descrita no item 2 desta secção.

d) Sobre o controle e destino das folhas do abaixo-assinado

  1. 1.Encerrada a coleta de assinaturas no local, os responsáveis deverão encaminhar as folhas para as entidades organizadoras da campanha.

O prazo final para encerramento da coleta de assinaturas ainda será definido em reunião das entidades organizadoras, que também indicará a data para realização de Ato Público Nacional de entrega dos abaixo-assinados.

 

 

Setor de Diversões Sul (SDS) • Edifício Venâncio V
Loja 28 • Térreo • CEP: 70393-904 • Brasília-DF

Telefone: (61) 3226-7214 • Fax: (61) 3226-7285
Email: imprensa@fenasps.org.br

face twitter youtube
© 2015 FENASPS. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Whebersite