face twitter youtube

Servidores revoltados com mais uma cobrança abusiva da GEAP. Fenasps fará reunião na entidade

0
0
0
s2smodern

1

 

Muitos filiados e filiadas da FENASPS e dos seus sindicatos filiados em nível nacional têm denunciado que estão recebendo boletos de cobrança enviados pela GEAP com valores astronômicos, impagáveis. Quando ligam para questionar, a GEAP informa que estes boletos se referem à diferença no valor das mensalidades de quem possuía liminar impedindo algum reajuste.

 

Sobre isso, informamos que essa prática é inaceitável, uma vez que os valores cobrados não podem ser arcados pelos usuários do plano, pois ultrapassa muitas vezes o valor dos vencimentos recebidos pelos(as) servidores(as). Ainda, essa cobrança é injusta, já que os questionamentos efetuados na justiça visam coibir os reajustes abusivos praticados pela GEAP.



Vale lembrar que a FENASPS e a GEAP assinaram, em fevereiro de 2019, um Termo de Acordo que estabeleceu uma nova tabela, com redução de 13,55% nos valores das mensalidades, apenas para os associados aos sindicatos filiados à Fenasps - e às outras entidades sindicais - e abrangidos pelas liminares impetradas em 2016.

 

Este acordo estabeleceu índice de reajuste de 9,76% para o ano de 2019. Aos beneficiários não filiados aos sindicatos, haverá uma outra tabela, com reajuste de 9,76% nas contribuições. Esse acordo foi fruto de diversas reuniões de negociação entre as entidades sindicais e a GEAP. Saiba mais no artigo divulgado à época da assinatura do acordo.

 

Foi constatado que os(as) filiados(as) à FENASPS e, por extensão, aos seus sindicatos filiados, não tiveram essa cobrança por que pagaram o aumento desde fevereiro/19. Já os filiados a outra entidade nacional, não se sabe por qual motivo, só passaram a pagar o aumento a partir de junho/19.

 

É sabido que, apenas nos últimos anos, já saíram do plano mais de 100 mil vidas, o que é trágico, pois a maioria absoluta destas pessoas contribuíram com a GEAP por 30 e até 40 anos, e quando mais necessitam de amparo na saúde, são descartados como se fossem um fardo para a empresa. São vidas humanas que, ao longo de mais de 75 anos, sustentaram e fizeram da GEAP um plano de assistência à saúde sólido, mas que, pelos sucessivos desmandos políticos, foram apresentandos inexplicáveis prejuízos financeiros.

 

A Direção da FENASPS realizará uma reunião com a direção da GEAP no próximo dia 25 de outubro para manifestar sua indignação contra as cobranças abusivas e cobrar soluções, pois não é possível que ocorra a cobrança de uma única vez. É importante que a direção da GEAP parcele a dívida em diversas prestações para não sobrecarregar os salários de quem não recebeu e não receberá reajuste pelos próximos 20 anos.

 

Orientamos aos nossos filiados e filiadas que foram atingidos pela cobrança abusiva que efetuem denúncias contra a GEAP nos canais competentes: Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), no Fone 0800 7019656 - e pelo site www.ans.gov.br – bem como junto ao Ministério Público de seu estado.

 

Aqueles que se sentirem prejudicados, e não conseguiram entrar em acordo de parcelamento com a GEAP, podem procurar seus sindicatos filiados para verificação junto às assessorias jurídicas da possibilidade de uma ação judicial solicitando o parcelamento justo desta dívida.

 

Setor de Diversões Sul (SDS) • Edifício Venâncio V
Loja 28 • Térreo • CEP: 70393-904 • Brasília-DF

Telefone: (61) 3226-7214 • Fax: (61) 3226-7285
Email: imprensa@fenasps.org.br

face twitter youtube
© 2015 FENASPS. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Whebersite